"Hoje gosto de vinho branco alemão, coisa de que eu tenho certeza de que não gostaria quando criança; mas não deixei de gostar de limonada. Chamo esse processo de crescimento ou desenvolvimento, porque ele me enriqueceu: se antes eu tinha um único prazer, agora tenho dois. Porém, se eu tivesse de perder o gosto por limonada para admitir o gosto pelo vinho, isso não seria crescimento, mas simples mudança." C.S. Lewis - Criador das Crônicas de Nárnia. Trecho tirado do livro Três Maneiras de Escrever Para Crianças

Você Conhece o Popin Cookin?


O Popin Cookin é um docinho japonês em versão miniatura para as crianças fazerem comidinhas e no final da brincadeira podem comer de verdade. Você pode encontrar o brinquedo na versão sorvete, sushi, hambúrguer e muitos outros.


O brinquedo é divertido para todas as crianças, mas para aquelas que têm aptidão para cozinhar, essa escolha para presentear é ideal. Ele consiste em saquinhos com pozinhos que ao misturar com água e colocá-los nas forminhas, forma-se a comidinha desejada.

As crianças adoram. Procure o Popin Cookin em alguma loja próxima a sua casa e faça você também. Tenho certeza que a diversão será garantida para si e para seu filhotinho!


Tangram


tangram

O que é Tangram?

O tangram é um quebra-cabeça geométrico chinês formado por 7 peças em que você pode formar várias figuras como animais, plantas, pessoas, letras, números, figuras geométricas, etc.

Origem e significado da palavra Tangram?

Não se sabe bem ao certo a origem e o significado da palavra tangram, há diversas versões da história. Uma delas é a seguinte: a origem da primeira parte da palavra: TAM é muito duvidosa e especulativa, existindo várias tentativas de explicação, a mais comentada e aceita é de que o nome está relacionado à dinastia chinesa T'ang (618-906), que foi uma das mais poderosas e duradoras dinastias da China. Já a segunda parte GRAM = significa algo desenhado ou escrito como um diagrama. Outra versão está relacionada a palavra chinesa "Tchi Tchiao Pan" que significa "Sete Peças da Sabedoria" ou  " Os sete pedaços inteligentes"  que poderia ser referente a algum propósito religioso ou místico de seu criador ao empregar as sete peças para descrever o mundo. Porém, não temos registros históricos que comprovem tais fatos.

tangram figuras
Qual a origem do tangram?

O Tangram pode ter desde 200 anos até mais de 4000 dependendo da sua fonte de consulta. Existem inúmeras lendas sobre a sua origem. A versão mais lúdica conta que um monge chinês deu uma tarefa a seu discípulo para que ele percorresse o mundo em busca de relatar todas as belezas do mundo. Assim, deu-lhe um quadrado de porcelana e vários outros objetos, para que pudesse registar o que encontrasse. Todavia, o monge deixou cair a porcelana, então esta dividiu-se em 7 pedaços. Com essas peças ele notou que poderia construir todas as maravilhas do mundo.

Outra versão mais adulta da história é de que ele vem da China, da época da Dinastia Song e foi levado para Europa depois, onde se tornou muito popular.

Curiosidade do tangram

Segundo a Enciclopédia do Tangram é possível montar mais de 5000 figuras com sete peças.

tangram

Como funciona o tangram?

O tangram é um jogo muito divertido onde podes formar diversas figuras, sendo que a única regra é de que cada figura contenha todas as 7 peças.

Benefícios do tangram para a criança

O Tangram serve para estimular a criatividade, raciocínio lógico das crianças, desenvolve a capacidade de concentração, orientação espacial e coordenação motora.  Ele também contribui como recurso didático principalmente em conteúdos de matemática como fração, área, medidas de figuras geométricas, ângulos, perímetro, proporção, semelhança, simetrias e na percepção de formas geométricas.

O Tangram exige astúcia e reflexão. Da sua simplicidade nasce a sua maior riqueza. Pelo corte de um quadrado, sete peças criam juntas formas humanas, abstratas e objetos de diversos formatos. O importante para jogar é possuir imaginação, paciência e criatividade. É uma autêntica diversão milenar que a maioria das crianças aprecia, mas nem sempre consegue realizar a tarefa por completo. 

montar tangram

Quais as peças do tangram?

Chamadas tans, as 7 peças do tangram são: 2 triângulos grandes, 2 pequenos, 1 médio, 1 quadrado e 1 paralelogramo.

Veja abaixo figuras que você pode formar com o tangram:

tangram
figuras geometricas
tangram
tangram jogo
tangram criança

tangram juego
Faça o seu tangram, é só escolher um modelo abaixo e imprimir:




*Quem preferir, há diversos brinquedos prontos para a compra com vários preços, tamanhos e marcas, dá só uma olhadinha aqui e encontre a melhor opção para você.




Fontes de pesquisa desse texto: Wikipédia, Brasil Escola, e texto - TANGRAM COM INTERDISCIPLINARIDADE - de Josivaldo de Souza Brito - UFRPE/LACAPE.

10 Incríveis Dicas para Passear no Bairro da Liberdade com Crianças

Kon'nichiwa, ogenkidesuka?


Já pensou em comer um delicioso lámem ou sushi na hora do almoço com um delicioso suco oriental e na hora da sobremesa comer um algodão doce japonês que vira chiclete na boca? Ou andando pelo bairro, ver kimonos e hashis em praticamente qualquer lojinha que você entrar e ao atravessar a rua, ter que olhar em um semáforo com caracteres orientais?  

Se você se interessou bora lá para a nossa dica de hoje de passeio com criança pela cidade de São Paulo no famoso bairro da Liberdade.

Uma pequena introdução para você entender a diversidade cultural do local

O bairro da Liberdade é conhecido em São Paulo - SP como um bairro japonês, porém hoje ele é uma mistura não só dessa cultura como também de alguns pedacinhos da Ásia como Coréia do Sul, China, Taiwan... e também uma mistura do mundo todo, por exemplo, lá você encontra doces, comidas e bebidas da Alemanha, Estados Unidos, Brasil, etc.

Sem mais delongas, agora que você entendeu a diversidade do local, vamos logo para as nossas dicas para andar no bairro mais oriental da cidade com os filhotinhos!

Dica 1 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Explorar a famosa feirinha (Praça da Liberdade, s/n)


Somente aos finais de semana a feirinha acontece, ela é muito conhecida e procurada por turistas do Brasil inteiro que querem conhecer o bairro. A feira da liberdade é mais famosa mesmo pelas comidinhas de rua que são vendidas lá como: yakissoba, pastel, tempurá, bolinho de camarão, guioza, doce de feijão japonês; mas também é possível encontrar outras coisinhas mais na feirinha como artesanato, bonsais, gente que faz origami, escreve seu nome em japonês, etc.

Atenção na barraquinha que você irá fazer seu pedido, pois, às vezes, os petisquinhos que são fritos, por estarem muito tempo expostos na vitrine, perdem a crocância e são servidos frios. Mas gente, mesmo assim não deixe de comer algo por lá. Se você quiser uma dica minha de comida típica japonesa para provar na feirinha, eu indico o TAKOYAKI que é um bolinho bastante famoso japonês recheado de polvo e verduras e coberto por um molho levemente agridoce com temperos de algas. O yakissoba da feirinha também é gostoso.

Ao andar pelas ruas na feirinha da Liberdade você também irá observar toda a estrutura do local como semáforos com caracteres orientais e outros elementos do mobiliário urbano que fará você e seu pequerrucho se sentirem um pouco no Japão mesmo. 

Dica 2 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Prepara a glicose...

Comprar Doces na Liberdade 

Comprar doces na Liberdade é divertido para as crianças, pois são doces com grafia oriental e bem diferentes do que estamos acostumados a ver. Vou indicar 3 lugares que você pode achar esses doces por lá, o que você não encontrar em um estabelecimento, vai ter no outro.



Primeiro é o Empório Azuki. Endereço: R. Galvão Bueno, 16
Bem famoso para as crianças comprarem doces japoneses, e também doces do parque do Harry Potter, chocolates da Alemanha, etc. Para os papais e mamães que quiserem aproveitar também as compras, esse empório é rico em saquês japoneses de diversos tipos.

Segundo é o Mercado Marukai (do lado da feirinha). End.: R. Galvão Bueno, 34
Mercado com doces, salgadinhos, sucos, bolachas e muito mais. Para os papais e mamães que quiserem aproveitar também as compras, esse mercado, no último andar, é cheio de porcelanas lindas japonesas para se apaixonar e comprar.

Terceiro é a Doceria O Segredo dos Doces (SDB) . End.: R. da Glória, 68
Doces internacionais de várias partes do mundo. Mas também têm doces japoneses, chineses, coreanos...


São nesses estabelecimentos citados acima que você irá encontrar o famoso algodão doce que vira chiclete na boca, e também o Popin Cookin que é um brinquedinho febre amado por todas as crianças que vão na Liberdade. Você encontrará também uma gama alta de várias marcas de chá verde para compra e doces feitos dessa folha como Kit Kat e bolo de rolo de chá verde. Ah e se você gosta de Milka, lá é o paraíso para comprar esses chocolates em sabores diferentes que não encontramos nos mercados tradicionais brasileiros.

Obs.: As filas desses estabelecimentos, na hora de pagar, são enormes, mas não se assustem, elas andam incrivelmente muito rápido.

O brinquedo Popin Cookin que faz doces em formato de comidinhas (sushi, sorvete, hambúrguer) e depois você pode comê-los de verdade.

Dica 3 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Pastel no Yoka
R. dos Estudantes, 37
Média de preço: R$ 8,00 cada pastel

Yoka é um lugar simples, porém com o pastel eleito o melhor da cidade de São Paulo. O bom não é só o pastel, mas também o precinho dele que não é alto comparado a um pastel do mercadão, por exemplo, e sua quantidade no recheio é generosa e a leveza da massa uma delícia. Quando você for lá com as suas crianças, não deixe de pedir também o pasteloni que é pastel + caneloni, este último nome é apenas pelo formato. Olha as imagens, é de dar água na boca.


Dica 4 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Lamém no Aska
R. Galvão Bueno, 466
Média de preço: R$ 20,00 cada prato

Lamém é miojo aqui no Brasil, mas esse tem o gosto bem diferente do macarrão instantâneo que você compra para fazer em casa.

Ao chegar no restaurante Aska você irá se deparar com muitas regras, e umas delas é, depois que você terminar sua comida, não ficar enrolando dentro do restaurante, mas calma, você também não precisa comer correndo quando for com seu pequerrucho. Essas regras dá para entender, pois a média de tempo da espera para comer no Aska do lado de fora é de 40 minutos a 1 hora; é bom chegar umas 11 horas da manhã na fila para tentar pegá-la menor. Mas gente, se você não quer esperar tanto na fila, tem outros lugares lá que vendem lamém, porém os preços aumentam.

Esse lugar eu adoro e sempre vou. O lamén é gostoso e barato. Por isso a fila grande do lado de fora. Vale a pena.


Dica 5 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Museu da Imigração Japonesa 
R. São Joaquim, 381
Conferir valor da entrada clicando aqui

Indico começar o seu passeio com os pequerruchos indo primeiro no Museu da Imigração Japonesa para depois fazer o passeio no bairro da Liberdade. Conhecer um pouco da história de quando, como e o porquê os japoneses vieram parar no Brasil e saber o que nós temos hoje da cultura deles aderida na nossa, é só um pouquinho do que você aprenderá por lá. Não perca.


Dica 6 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Tanuki Gift
Rua dos Estudantes, 73

Sabe aquilo que as mamães chamam de "treco", essa lojinha é ótima para comprar essas coisinhas. Lá você encontra: porta lenços, canecas, porta ovo, porta banana, cofrinhos, marmitas, etc. E também artigos para papelaria. As crianças enlouquecem. Na Tanuki você encontra muitos objetos no formato kawaii, que é um estilo fofo no Japão de desenho; você encontrará copos com olhinhos, xícaras de pandas, marmitas de ursinho com bochechas...


Dica 7 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Livraria Sol
Praça da Liberdade, 153

A livraria Sol é pequena, mas a variedade de produtos é grande. Lá você encontra, à primeira vista, várias revistas, mangás, livros... escritos em japonês, sem tradução, para quem já sabe japonês ou está aprendendo o idioma. Porém, se você procurar, há livrinhos infantis com histórias traduzidas para o português e mantendo a escrita japonesa ao lado, são poucos, mas tem. É superinteressante e as crianças adoram. Na livraria Sol também é possível encontrar artigos de papelaria.


Dica 8 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Sorvete Coreano, SnowFall
Rua dos Estudantes, 73
Média de preço: R$ 12,00

Esse potinho de sorvete com essa expressão facial é adorável não é? Na sorveteria SnowFall você pode encontrar esse sorvete e muitos outros com um mix de sabores diferentes, tem até de chá verde, para tomar e se refrescar. O sorvete lembra uma raspadinha, é gostoso, e o ambiente da sorveteria é agradável. Indico se o dia for de muito calor.


Dica 9 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Para procurar na rua

Quando estiver andando na rua, não deixe de observar nos estabelecimentos em geral quais têm aquelas geladeiras de picolé para você pedir e provar o delicioso sorvete de Melona sabor melão e o sorvete da Samanco em formato de peixe que as crianças adoram.


Andando na R. Galvão Bueno, 72 você encontrará também o pequeno Jardim Oriental da Liberdade, porém um pouco descuidado; e também verá mais a frente a famosa - Ponte da Amizade - que as pessoas conhecem mais como Ponte da Liberdade e adoram tirar foto. Essa ponte, em que é possível se ler na placa “A Humanidade é uma só – criemos pontes de amizade em todo o mundo”, simboliza a amizade entre a cultura oriental e a brasileira. Na ponte você verá muitos ambulantes (indico procurar o cara da régua mágica e comprar uma para o seu filho) e também uma das principais avenidas de São Paulo, a Av. 23 de maio.


Dica 10 - Bairro da Liberdade com Crianças - Dica de Passeio com Crianças em São Paulo - SP

Sushi Yassu
Rua Tomás Gonzaga, 98

Não podia faltar um local para você e seu pequerrucho comer sushi e outras comidinhas orientais não é mesmo? A verdade é que o bairro da liberdade é cheio de lugar para se comer comidas asiáticas por peso, mas hoje vou indicar um para você comer no tatame e fazer um verdadeiro passeio japonês, como se estivesse comendo num restaurante no Japão. É o Sushi Yassu.


O restaurante Sushi Yassu não é tão barato, mas a experiência vale a pena. Se você preferir pode comer nas mesas normais ou no balcão olhando diretamente para os chefes de cozinha fazendo as comidas. Se o seu filho ou você não for fã de sushi, há outras opções no cardápio como yakissoba e lamén.

Outras coisas para se fazer na Liberdade

Tem kimono para ver? Tem. Tem brinquedo japonês para comprar? Tem. Tem boneca japonesa ornamental para enfeitar o quarto das crianças? Tem. Tem japonês falando japonês? Tem. Tem gente sem noção circulando por lá? Em todo lugar. Tem gente que vai te empurrar? Tem. Tem gente legal? Tem. Tem mais coisa para se fazer lá que não está listado aqui? Ô se tem. Porém gente, o post de hoje acabou por aqui, se você quiser descobrir a Liberdade por completo, só indo lá e explorando por você mesmo. Espero que tenha gostado. E se você levar seu pequeno porque leu a matéria aqui no Portal Crescer e se interessou pelo bairro, conta para mim ou me manda a foto do seu passeio no meu e-mail no formulário que tem aqui do lado. Eu vou amar ver!

Dicas Extras

No bairro da Liberdade, há algumas festas típicas que acontecem todo ano e costumam lotar o local como a festa do novo ano chinês, festival das flores, o Tanabata Matsuri, campeonato de sumô. Se você quiser vim nessas festas, veja pelo site do Estadão o - calendário das festas típicas na Liberdade.

Perguntas

Como chegar no Bairro da Liberdade?

Metrô é a maneira mais fácil e mais segura para chegar na Liberdade, pois você já sai ali na praça central onde fica localizado a feirinha.
Pegue linha Azul/Estação Japão - Liberdade

A Liberdade é um bairro seguro?

Na parte da manhã e a tarde, a Liberdade tem um movimento bacana de policial, porém o cuidado de quem está indo com crianças é sempre o mesmo em qualquer lugar em que haja um fluxo maior de pessoas circulando. É pegar na mão do seu pequeno e prestar atenção no movimento. O perigo mesmo é só se você resolver sair de dentro do bairro, pois aí já é uma área mais perto do Centro de São Paulo e não indico. Por isso indiquei o metrô, pois você já sai ali no miolo do bairro que é mais seguro.

A Liberdade é cheia?

Sim, principalmente aos finais de semana, porém diferente da Rua 25 de Março, a Liberdade é um ambiente indicado para crianças. Você verá famílias e grupos de amigos circulando para passearem ou fazerem compras. É um bairro de clima bastante agradável e com ar de descontração.

Com que roupa levar as crianças?

Como se estivesse indo para o parque, já que terá que "bater perna" por lá para conhecer os lugares. Vá de tênis, e roupas confortáveis.


Comidinhas para Colorir, Cortar e Brincar

O tema da brincadeira é alimentação e consiste em comidinhas para imprimir, colorir, cortar e brincar, as crianças adoram.

Para colorir, nesse cardápio temos: brócolis, sorvete, batata frita, ovos, queijo, peixe, morango, banana, cachorro quente, macarrão e muito mais... huuuum uma delícia só!

Pegue canetinhas, lápis de cor, tesoura e vamos nessa:

Comidinhas para colorir, cortar e brincar
Comidinhas para colorir, cortar e brincar

Comidinhas para colorir, cortar e brincar

Para brincar também, clique em cima de cada foto abaixo para ver a resolução completa, imprima, pinte, corte e divirta-se: 





fonte da brincadeira: filthwizardry.com; iddybiddydesigns.com

Diferenças entre o Irmão mais Velho, o do Meio e o mais Novo


Será verdade essa história de que o irmão mais velho é sempre o mais responsável da família enquanto o mais novo é o mais bagunceiro ficando o irmão do meio entre as duas pontas e consequentemente sendo o filho mais esquecido pela família?

Para responder essa pergunta, Mario Fernández Sánchez, jornalista e pesquisador em neurociência e infância, escreveu uma matéria muito interessante para o jornal do El País destacando a personalidade desenvolvida por cada criança conforme a ordem de nascimento de cada uma, eu recomendo a leitura.

Para ler clique aqui.


Receita Infantil para Festa Junina - Chá de Amendoim


Vamos para essa deliciosa receita infantil de Chá de Amendoim para fazer em casa em dias friozinhos? O chá de amendoim é muito famoso em festas juninas, porém a data para fazê-lo pode ser em qualquer época do ano, especialmente nos dias de inverno.


Preparo: Rápido (10 minutos)

Ingredientes
1l de leite
1 lata de leite condensado
1 xícara de amendoim torrados
2 xícaras de água

Modo de preparo
Bata o amendoim com a água no liquidificador na função pulsar, depois junte com os demais ingredientes e leve ao forno até ferver.

Dicas: Você pode adicionar canela ou amassar paçoca para servir e beber junto com o seu delicioso chá de amendoim.

Frase de Millôr Fernandes

"Criança é esse ser infeliz que os pais põem para dormir quando ainda está cheio de animação e arrancam da cama quando ainda está estremunhado de sono." Millôr Fernandes


20 Ideias de Verduras e Legumes com Carinhas e Bichinhos


Nem sempre é fácil fazer as crianças comerem vegetais, por isso hoje trouxemos 20 ideias de verduras e legumes com carinhas e bichinhos para você se inspirar, fazer para o seu filhotinho e estimulá-lo a comer.

Tenho certeza que a hora do almoço com essas carinhas ficará mais nutritiva e divertida.

Se você gosta desse tipo de assunto, não deixe de ver nossa outra postagem com o livro - Tem Planta que Virou Bicho - que  mostra a brincadeira de transformar comida em animal.






















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...